As personagens Elis e Bárbara vão dividir com vocês suas aventuras e desventuras rumo ao equilíbrio das contas

VIDA E FORTUNA DE BÁRBARA E ELIS

Energias renovadas

Foi na saída do metrô, enquanto subia as escadas rolantes, apressada para chegar em casa, que eu me emocionei ao ouvir a música: "Quero ver, você não chorar, não olhar pra trás, nem se arrepender do que faz..."

Faça uma despesa

Que tal fazer algo por você: uma despesa para cuidar melhor de você. Não, não é comprar uma massagem no SPA e ou uma cesta de cosméticos. É uma programação automática mensal de depósito na poupança.

De casinha em casinha

Ando olhando imóvel para comprar. Dizem que o mercado está em baixa, mas quem está pesquisando sabe que os preços não caíram tanto assim e ainda estão bem altos.

Mulheres podem tudo

Eu nunca entendi muito bem porque as mulheres são discriminadas e tidas como inferiores aos homens, principalmente no mundo do trabalho. De verdade, esse tema me intriga.

Os extras do final do ano

O final do ano virá recheado: além do 13º, está para sair a minha restituição do Imposto de Renda. Ótimo, não? Para mim e para muita gente, claro. A ideia é guardar o máximo possível.

Quer, mas não quer?

Tenho certeza que quando sabemos o que queremos, os caminhos se abrem mais facilmente para chegarmos até a meta. Você também é daqueles que acha que quer, mas no fundo não quer? Não define onde vai chegar e fica sem rumo? Quer dinheiro, mas acha que dinheiro é ruim?

Tão antipática, tão parceira

Olhando rapidamente, ela parece mesmo uma chata. Mas tirando um ou outro caso, sem disciplina raramente se anda para frente na vida. No fundo, ela é uma grande amiga.

Ano novo, aplicações novas

É hora de diversificar. No final de novembro investi, pela primeira vez, em outra coisa que não fosse um fundo de renda fixa, colocando dinheiro no Tesouro Direto. Gostei da experiência e fiquei com vontade de variar mais quando for aplicar as minhas economias.

Não deixe o dinheiro abandonar você

Até ler o ótimo Família, Afeto e Finanças, de Angélica Rodrigues Santos e Rogério Olegário do Carmo, eu não tinha me dado conta. Ou não tinha me dado conta o suficiente: assim como um filho, o dinheiro demanda de nós dedicação.

Das certezas que tenho

Uma das certezas que tenho é que nunca vai me faltar o necessário nessa vida. Até hoje foi assim. Tive uma família que me deu estudo, tive alguma sorte e boas oportunidades, mas, principalmente, nunca me faltou aquela força interna para trabalhar e me virar financeiramente.

Minha comilança

Vários amigos já me contaram que têm dificuldade de economizar ou abrir mão dos pequenos prazeres da gula. Comigo também é assim. E com você?

A lição do leite materno

Sou mãe de um bebê de um ano e dois meses, Antônio, que ainda mama. Quero que ele mame até os dois anos, tempo que a Organização Mundial de Saúde recomenda para o aleitamento. Para conseguir manter a produção, tiro leite, com o auxílio de uma bomba, todos os dias, no trabalho.

Produzir dinheiro

Essa semana li sobre a capacidade de fazer dinheiro. De ter esse conceito em mente como meio para atrair, definitivamente, riqueza na vida. Gostei da reflexão.

Os carros que carregamos

Estou me planejando para mudar de casa e uma das coisas que farei, em função da mudança, é me livrar do meu carro, já que temos dois lá em casa. Confesso que estou ansiosa por isso.

Um dia antes

Quero me vestir melhor, mas não quero sair comprando roupas por aí. É final do ano e me propus apertar o cinto dos gastos. E se eu olhar o armário um dia antes de usar a roupa?

As coisas que bastam

Já li e ouvi, algumas vezes, que ser feliz não é ter muito, mas amar tudo o que se tem. Eu acredito. E tive essa reflexão reforçada ao ler, recentemente, uma entrevista com o neurocientista Daniel Levitin, professor da Universidade Mcgill, em Montreal, no Canadá: 

Eles preferem os brinquedos mais simples

Isso eu aprendi com o Antônio, meu bebê de um ano: os pequenos preferem os brinquedos mais simples. Isso mesmo, nada de gastar horrores com produtos caros e cheios de recursos: na primeira infância, eles se divertem é com o básico mesmo.

Agora cuido melhor dele

Há poucos dias estava me dando conta de como mudei meu comportamento em relação ao dinheiro desde que comecei a cuidar das finanças e a escrever neste site. Ainda tenho meus problemas eventuais de descontrole de gastos, mas resisto muito mais a torrar meus tostões.

Ainda dá tempo

É tão bom chegar ao final do ano e não ter que usar o décimo terceiro salário para pagar dívidas. Não é bem essa a sua situação? Ainda há algum tempo para arrumar as contas.

A lição de Luiza Helena Trajano

A inspiração veio numa palestra que eu assisti na semana passada, conduzida pela presidenta do Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano. É preciso pensar grande, querer sempre o melhor, somente assim a gente cresce.

Shopping é lugar de criança?

Aproveitando que ontem foi o Dia da Criança, não custa nada lançar a discussão: shopping é lugar para os pequenos? Faz sentido estimular esse tipo de lazer movido a consumo entre os filhos?

Faça uma simulação para juntar seu primeiro milhão ou quanto suas economias irão render.
Poupadoras.com
Um site de finanças pessoais
para dividir experiências
sobre o dinheiro
  • Assine nosso feed