As personagens Elis e Bárbara vão dividir com vocês suas aventuras e desventuras rumo ao equilíbrio das contas

VIDA E FORTUNA DE BÁRBARA E ELIS

Histórias que se repetem

Bem ao seu lado, ou na sua própria vida, há muitas histórias se repetem? Quem nunca viu alguém que se endivida, consegue resolver o problema, mas faz tudo de novo? Quem nunca viu alguém se meter sempre em relacionamentos e negócios que não dão certo?

Ai que burra!

Ai gente, me senti burríssima. Me achando a própria poupadora esperta e revoltada por pagar R$ 71 por mês só para ter uma conta no banco, liguei para a minha gerente, questionei o valor e exigi pagar o mínimo possível de taxa mensal: R$ 61.

Um pão duro daqueles

Vocês conhecem algum mão fechada daqueles? Um mega pão duro? Eu conheço. E nunca deixo de me espantar com essa gente, com os relatos de quem é tão apegado ao dinheiro que sofre e faz os outros sofrerem com a sua obsessão.

Nossos rituais

Temos mesmo que cumprir tantos rituais de consumo? Não dá para chegar aos 15 anos sem ter ido para a Disney, casar sem ter que fazer aquela festa com lembrancinha e convite escrito à mão, ser mulher sem uma bolsa de grife?

Para o corpinho esbelto

Fico chateada comigo mesma quando não consigo cumprir minha meta de consumir comida saudável e não ingerir doces durante a semana. E acho que a falta de cuidado com a alimentação também me faz gastar mais.

É preciso ter medo

“Para não perder uma oportunidade, é preciso ter medo de perdê-la. É a coragem que nos leva a não perder a oportunidade”. As palavras do filósofo e escritor Mario Sergio Cortella, ditas numa palestra que eu assisti na semana passada, mexeram comigo.

As aparências enganam

Como diz a canção, "as aparências enganam, aos que odeiam e aos que amam". E como enganam, não? 

Desejo que não tem fim

É claro que o desejo e o querer fazem parte do ser humano. Mas nessa minha tentativa de entender os comportamentos em relação ao dinheiro, encontrei alguma resposta sobre quem nunca está satisfeito.

A pressa não é sua

Uma coisa que tem me chamado a atenção depois que passei a olhar mais para as finanças é como os vendedores sempre têm pressa. Reparou?

O peso dos pequenos gastos

A gente nem sempre se dá conta do peso dos pequenos gastos no orçamento. Pelo contrário: considera inocentes determinadas despesas que, somadas, são capazes de fazer um abalo nos planos financeiros.

Só para manter a pose

Todos estamos sujeitos a passar por dificuldades financeiras, é do jogo. Mas, se tem algo me intriga no comportamento de algumas pessoas nessa situação é a mania de continuar gastando sem controle só para manter a pose.

Tempo de esperar

Se eu sou ansiosa em relação ao dinheiro? Acho que sou. Quero guardar muito, quero poupar todo mês, quero andar para frente logo. Mas sei que há tempos que são de esperar.

De onde veio essa conta?

Há momentos em que parece que todas as despesas despencam na sua cabeça, como se você tivesse que se transformar em uma máquina de fazer dinheiro? Comigo acontece.

Para economizar com comida

Faz tempo que os gastos com alimentação são vilões do orçamento. Principalmente para quem precisa comer fora com frequência. Sentar num restaurante para jantar já foi muito mais barato, todo mundo sente isso.

As dificuldades unem muito

Eu sempre admirei a história dela. Grávida aos 18 anos, sem ter planejado, se casou com o pai da filha, com quem está até hoje.

A delícia de andar a pé

Estava ansiosa por essa parte da minha mudança de casa: a possibilidade de deixar o carro na garagem e andar a pé, de ônibus e metrô na cidade de São Paulo. Mudei para uma região mais central e mais próxima do meu trabalho.

Eu fiz de novo

Fui à loja, gostei mais ou menos do produto e comprei. No primeiro uso já concluí que poderia ter feito escolha melhor e me perguntei por que não levei em conta o que sei faz tempo: não se toma decisão de compra na loja! Essa é uma dica tão simples, mas muito certeira.

O rodinho de pia

O brinquedo predileto do meu filho é um rodo, um desses pequenos, de plástico, que a gente usa na pia da cozinha. Com um ano e sete meses, Antônio se diverte mais com o acessório do que com qualquer outro item da caixa de brincadeiras dele.

Para que a vida nos abençoe

"Antes de sair para a execução de suas tarefas, lembre-se de que é preciso abençoar a vida para que a vida nos abençoe."

Vida sem coisas

Na semana passada mudei de casa e percebi que apesar de eu não ser daquelas que acumula coisas e mais coisas, ainda assim tenho muito cacareco. Quero ter menos, muito menos.

Escolher o passado ou o futuro?

Estava pensando nisso durante esta semana, em como é bom cuidar do futuro e não do passado. Você paga as contas das coisas que já consumiu ou do que ainda consumirá?

Faça uma simulação para juntar seu primeiro milhão ou quanto suas economias irão render.
Poupadoras.com
Um site de finanças pessoais
para dividir experiências
sobre o dinheiro
  • Assine nosso feed