As personagens Elis e Bárbara vão dividir com vocês suas aventuras e desventuras rumo ao equilíbrio das contas

VIDA E FORTUNA DE BÁRBARA E ELIS

Agora eu digo não

Nesta semana eu disse "não" com muito gosto. Disse não para o preço bem abusivo de um serviço. Não dá para deixar ir embora facilmente o dinheiro que ganhamos com esforço.

A conta da instrução financeira

Lá vou eu citar, pela segunda semana seguida, uma reflexão do livro Os Segredos da Mente Milionária, de T. Harv Eker. Não reparem a repetição da fonte, é que o livro realmente mexeu comigo e traz várias reflexões dignas de nota para nós, poupadores.

As reservas financeiras do Antônio

Antes mesmo de nascer, Antônio, meu filho, já tinha as suas reservas financeiras. Assim que nos descobrimos grávidos, começamos a poupar para ele.

O que vem depois da decisão

Nesta semana estava refletindo sobre as contas que não param de chegar e fiquei pensando que um movimento de consumo quase sempre leva a outro.

Puxando o freio

Não sei se você tem essa mesma sensação, mas acho que meu dinheiro está comprando cada vez menos. Efeito da inflação? Possivelmente. Hora de tomar uma atitude.

Abençoe aquilo que você quer

Juro que a reflexão abaixo, extraída da sabedoria Huna, do Havaí, e encontrada no livro Os Segredos da Mente Milionária, mudou a minha vida. Acompanhem comigo:

Pegando leve com o enxoval

Se pudesse dar uma dica para uma amiga grávida, essa recomendação seria: pegue leve com o enxoval. A partir da minha experiência, afirmo, sem medo de errar, que cada bebê atrai uma onda de solidariedade que envolve amigos, parentes, colegas de trabalho.

Fracassar faz parte

Tenho escutado bastante sobre a impossibilidade da disciplina total, de não errar ou sair da linha de vez em quando. E fiquei pensando como isso se aplica ao mundo do dinheiro.

Admirando borboletas?

Tenho visto várias pessoas ao meu redor se perguntando sobre o preço desse ritmo de vida moderno que levamos e algumas até tomando atitudes para viver uma vida diferente.

A etiqueta do dinheiro nos chás de bebê

Adoro comemorações que envolvam grávidas e bebês. Vou feliz da vida quando me convidam. Agora, peço licença para dizer, tem faltado etiqueta em relação ao dinheiro nos eventos do tipo.

Mais poupadora depois de ser mãe

Estou de volta! Depois de seis meses exclusivamente dedicados ao meu bebê, retomo os dilemas, reflexões, aventuras e desventuras de poupadora com vocês. Estava com saudades! Aproveitando esse mergulho no mundo das mães, começo contanto que, ao contrário do que esperava, fui muito econômica nesse período.

É para lá que eu vou

Já escrevi aqui que estou achando os alimentos muito caros e que está difícil de não extrapolar o valor que tenho no meu orçamento para o supermercado. Mas nem tudo está perdido.

Se há pontos, vou aproveitar

Sempre que preciso de alguma roupa de trabalho, vou a uma determinada loja da qual gosto muito. Fiz um cadastro no programa de fidelidade e cada vez que compro algo, ganho pontos. No ano passado, os troquei por uma peça de roupa.

A economia criativa

"Isso eu organizo dentro das minhas metas de economia criativa". Foi assim que uma amiga me respondeu quando eu perguntei como ela conseguia fazer render o valor creditado no seu vale-refeição.

Investigando o coração de Elis

Já dividi aqui no site que acredito que por trás das nossas atitudes financeiras há sempre motivos maiores, guardados lá no fundo do coração. Pois tenho me investigado a respeito.

Não delete a realidade

Sempre que vivo períodos financeiros difíceis, de gastos acima dos ganhos, minha tendência é deixar o assunto de lado, apagar a informação e ignorar a existência do meu orçamento.

Sem milagres

Eu confesso que já esperei por fatos milagrosos nas minhas finanças. Mesmo sem fazer nada a respeito, dizia para mim mesma que no mês que vem sobraria dinheiro. Fiquei vendo navios.

As caixas de brinquedos

É tudo uma questão de carinho, eu sei. Mas, seja como for, já começou o trabalho de educação do Antônio no que se refere ao consumismo.

E agora, cookie?

Um dia destes ele apareceu na minha frente em um shopping onde eu almoço durante a semana. Agora tenho que me esforçar para não querer estar pertinho dele todos os dias.

O barato não saiu barato

Quem nunca tentou pagar barato, aproveitar o desconto e percebeu, no final, que saiu mais caro? Comigo aconteceu no conserto do carro.

O lazer da paz

Em um ano que tem vários feriados na sexta-feira e na segunda-feira, eu me pergunto se meu bolso vai conseguir bancar o lazer que esse tempo livre pede.

Faça uma simulação para juntar seu primeiro milhão ou quanto suas economias irão render.
Poupadoras.com
Um site de finanças pessoais
para dividir experiências
sobre o dinheiro
  • Assine nosso feed