As personagens Elis e Bárbara vão dividir com vocês suas aventuras e desventuras rumo ao equilíbrio das contas

VIDA E FORTUNA DE BÁRBARA E ELIS

Obrigada, Yunus!

“Quem disse que nascemos para procurar emprego? A escola? Os professores? Os livros? Sua religião? Seus pais? (...) Seres humanos não nasceram pra isso. O ser humano é cheio de poder criativo, mas o sistema o reduz a mero trabalhador, capaz de fazer trabalhos repetitivos."

A vida que eu banco e você banca

De vez em quando entro em crise com a cidade onde moro, a capital paulista, e o tipo de vida que levo. Pergunto-me se vale a pena correr e trabalhar tanto.

O que você diz para você?

Tenho feito um exercício de observar meus pensamentos, o que digo para mim sobre dinheiro e sobre outras coisas da vida. Você já fez isso?

Compras? Só em liquidações!

Adoro liquidações. E quem não adora? Tendo por base as minhas últimas experiências nesse campo, decidi que agora só vou fazer compras em temporadas de descontos.

Abaixo a vitimização

Vocês conhecem pessoas que vivem lamentando a ausência de dinheiro? Que se expõem demais em relação a isso, relatando dívidas, cobranças, citando lamentos sem fim em público?

Qual é o seu degrau?

Tenho pensado em algo que já li algumas vezes aqui no site, de que é preciso adotar um padrão abaixo do que nossos rendimentos permitem para conseguir formar um patrimônio e viver com tranquilidade. Afinal, se não resta nada do salário, como poupar?

Amor bom e dinheiro bom

Você já se perguntou sobre as coincidências entre um amor bom e uma relação boa com o dinheiro? E sobre as semelhanças de uma relação afetiva danosa e as finanças mal resolvidas? 

As tentações de consumo...

Eu sou poupadora desde sempre e não costumo compensar, nas compras, carências e vazios emocionais. Mas, devo dizer, como é difícil resistir às tentações!

Românticos e poupadores

Pode até ser coincidência, mas, desde que comecei a escrever nesse site, tenho tido Dias dos Namorados bem econômicos com o meu marido, Frederico. Temos caprichado nos presentes em outras ocasiões, deixando o 12 de junho para uma pausa na rotina, um momento a dois. 

E se eu não tivesse?

Quando vejo lá estou eu, quase extrapolando o orçamento da semana. Foi o que aconteceu de novo na semana passada. Mas, e se eu não tivesse cheque especial e cartão de crédito?

As contas do Johnny

Eu tenho um cachorro, o Johnny. Lindo, alegre, danado para caramba. Mas confesso que já gastei muito com ele e estou tentando aprender a não extrapolar nestas contas.

Pesquisando preços nas farmácias

Eu estava para fazer isso há um mês, mais ou menos. Bloquinho e caneta na bolsa, percorri, na hora do almoço, quatro farmácias na Avenida Paulista, onde trabalho, em busca dos melhores preços de fraldas, pomadas contra assaduras e lenços umedecidos para o meu bebê.

Os brigadeiros do Frederico

A missão era fazer, com as minhas próprias mãos, quatro latas de brigadeiro para o aniversário de Frederico, meu marido, que ele decidiu comemorar num bar. Seria uma graça, um mimo para os convidados.

Acalme seu coração e economize

Muitas compras que fiz em valores maiores do que cabiam no meu bolso foram realizadas em momentos de ansiedade, quando quis resolver as coisas de forma rápida.

Perto de tudo o que preciso

Há quase um ano fui morar em um lugar menos central na cidade de São Paulo. Estou adorando estar longe de tudo e principalmente dos pontos nervosos de consumo.

Poupadora e mãe

Ter sido mãe foi a coisa mais importante que já me aconteceu. A experiência mais forte, o maior amor que eu já senti na vida. Entre os desafios da missão, agora eu sei, está o de manter o ritmo de poupadora.

Mesa farta para atrair prosperidade

Sabem uma situação na qual eu adoro gastar dinheiro? Quando recebo pessoas queridas em casa. Familiares, amigos, convidados para os quais eu gosto de encher a mesa de carinho e comida boa.

Não subestime os presentes

Não é assim? Vem um mês cheio de aniversários de pessoas queridas e o orçamento dá aquele nó? Comigo acontece.

Uma decisão sobre psicanálise

Há algum tempo estou por contar isso para vocês aqui no site. Decidi, e comecei em março, a estudar Psicanálise. Mas o que isso tem a ver com finanças? Muita coisa.

Dez peças no guarda-roupa

Li em Madame Charme - Como viver "à française", da jornalista Jennifer L. Scott, sobre o estilo de vida francês, que, na terra de Brigitte Bardot, mutia gente vive com um guarda roupa de dez peças.

O dinheiro apenas intensifica o que você já é

"Não consigo imaginar como poderei me sentir bem tendo um monte de dinheiro enquanto outras pessoas possuem tão pouco".

Faça uma simulação para juntar seu primeiro milhão ou quanto suas economias irão render.
Poupadoras.com
Um site de finanças pessoais
para dividir experiências
sobre o dinheiro
  • Assine nosso feed