As personagens Elis e Bárbara vão dividir com vocês suas aventuras e desventuras rumo ao equilíbrio das contas

Sobre supermercado

Compartilhar

Fiquei admirada com o valor que uma amiga me contou que gastou no supermercado durante os meses em que esteve desempregada. Foram R$ 200 na compra mensal e mais algumas compras pequenas durante as semanas para coisas de última hora e perecíveis.

Falei para ela que vou me inspirar nela e, de fato, tenho procurado pensar no exemplo dela quando vou às compras. Essa amiga faz uma comida muito gostosa, simples, mas deliciosa. A casa dela sempre tem um bolinho, café  ou suco para oferecer – mesmo enquanto esteve sem trabalho e com o marido bancando as contas da casa. Ela cortou algumas guloseimas que comprava para a filha e coisas do tipo, mas ninguém passou necessidade.

Depois disso perguntei a um rapaz que trabalha na mesma empresa que eu, em um cargo que paga menos, o quanto ele gasta no mercado por mês. Ele me disse que uns R$ 500. Isso foi logo depois de eu e meu namorido fazermos as contas do quanto gastamos com alimentação por mês e chegar à conclusão que aí reside um dos nossos furos financeiros.

Os dois são um exemplo para mim, que nem sempre consigo gastar apenas quanto ganho no mês (e eu não acho que ganhe mal!).  Vou seguir olhando para minha amiga e o colega. Guerreiros!

Beijins,

Elis

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Faça uma simulação para juntar seu primeiro milhão ou quanto suas economias irão render.
Poupadoras.com
Um site de finanças pessoais
para dividir experiências
sobre o dinheiro
  • Assine nosso feed