Gente que a gente admira divide conosco pequenas lições sobre o uso do dinheiro.

‘Nunca invista todas as suas reservas’

Compartilhar

A minha relação com o dinheiro está totalmente voltada para a qualidade de vida, bem-estar, segurança e oportunidades. Usufruo do dinheiro conquistado com insumos que proporcionam a mim e meus familiares bem-estar. Mas não abro mão de planejamento (algo essencial) e organização para não perder boas oportunidades de negócios, como o investimento feito nas franquias do Centro de Cursos Brasileiros (CEBRAC).

Um erro frequente dos empreendedores é misturar o dinheiro da empresa com o pessoal. As minhas finanças pessoais caminham paralelamente às da empresa. A prioridade é a manutenção financeira dos negócios, não dos projetos pessoais.

Outra dica para quem está com dificuldades financeiras é fazer um planejamento para estipular metas com prioridades e foco no objetivo.

Atualmente, administro sete franquias do CEBRAC e para fazer a gestão financeira de cada escola, utilizo um sistema online, em que posso analisar os resultados por meio de indicadores e medições em tempo real. Indico aos empreendedores que procurem ferramentas que atendam às demandas dos seus respectivos negócios. Também é fundamental fazer uma pesquisa de viabilidade, mercado e público-alvo.

O investidor precisa entender que o tempo para que a empresa atinja seu ponto de equilíbrio às vezes não é o que foi planejado. E ele terá que dispor de mais capital para manter o negócio. Por isso, nunca invista todas as suas reservas. Deixe sempre um capital de segurança para reinvestimento, caso precise, e para manter os compromissos pessoais.

Thiago Grigato é multifranqueado do CEBRAC, centro de cursos profissionalizantes

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Faça uma simulação para juntar seu primeiro milhão ou quanto suas economias irão render.
Poupadoras.com
Um site de finanças pessoais
para dividir experiências
sobre o dinheiro
  • Assine nosso feed