Dicas de livros que ajudam a colocar as contas em dia

Dez bons conselhos

Li, achei inspirador e recomendo: Dez Bons Conselhos de Meu Pai, de Gustavo Cerbasi, traz, a cada capítulo, as principais referências do autor em matéria de finanças pessoais. Os valores que ele aprendeu em casa, na escola, com a família e com os homens que mais o inspiraram da infância à idade adulta. 

Isso mesmo, os dez conselhos não são todos do pai do consultor, Tommaso Cerbasi, mas de outras figuras masculinas que fizeram parte da sua trajetória, como um tio, um avô e até um técnico de natação. 

Curioso para saber quais são essas referências? Na ordem apresentada na obra, dez pontos importantes para prosperar são "estude (sem estudo ninguém chega a lugar nenhum), viva (não permita que o trabalho tome conta da sua vida), antecipe-se (invista na carreira e aproveite para aprender agora), desconfie (não deixe lhe passarem a perna), preserve (cuide do que é seu, para não ter que comprar outro), simplifique (não complique, faça-se entender), aproveite (a riqueza que você tem é maior do que você imagina), coopere (seja útil ao time), supere-se (não importa o que fizer, faça bem feito. Se possível, melhor do que os outros), celebre (valorize suas conquistas e suas riquezas). 

Essa é a base, mas o que torna a leitura atrativa mesmo são os relatos em primeira pessoa, o tom pessoal com o qual Cerbasi fala de pessoas, aprendizados e momentos. Quem lê, fica sabendo como ele começou a sua carreira meio sem querer, qual a personalidade do seu pai, como era e como é a sua convivência em família. Entre vários outros bastidores. 

Para refletir, mas sem deixar de relaxar. 

Boa leitura! 

Isabela Barros 

 

O que rei Salomão ensinou sobre a riqueza

O rei Salomão é considerado o homem mais rico de todos os tempos. Se a sua fortuna fosse atualizada pela inflação, ele teria mais riqueza do que Bill Gates. É o que diz o livro "Os Sete Princípios de Salomão – Os Segredos do Sucesso Financeiro do Homem Mais Rico da História", de Bruce Fleet. O autor é dono de uma empresa de gestão de investimentos nos Estados Unidos e também criou uma fundação financiada com venda de música religiosa que apoia o trabalho de religiosos em áreas pobres e ajuda crianças de países em desenvolvimento.

Fleet publicou outros livros sobre finanças, mas neste resolveu reunir e contar os ensinamentos do rei sobre como conseguir e viver a riqueza. Ele se baseia nos ensinamentos que Salomão deu a Abidã, um jovem pobre de Jerusalém, e depois de relatar cada ensinamento do rei ao menino no livro, Fleet faz um paralelo com a atualidade, sobre como aplicar aquela orientação na vida financeira de cada um.

O diz Salomão? "Um homem sábio é um homem diligente. Além de trabalhar duro, ele trabalha corretamente".  O rei estava contando o caso de um mestre de obras do palácio, que foi responsabilizado por construir um muro. Mas ele viajou e seus serventes fizeram o muro de maneira errada. Ao voltar, o mestre e seus serventes reconstruíram o muro. Ao ouvir o relato do rei, Abidã conclui que cada um deve se fazer responsável pelo seu trabalho, pelo seu dinheiro, pelos seus sonhos, que um homem sábio é um homem diligente (zeloso).

As lições são várias e uma delas é preciso destacar: Salomão, ao ver o menino ajudando seu pai na carpintaria sem esmorecer, trabalhando além do horário e esquecendo-se do resto do seu dia a dia, inclusive de dar atenção à sua mãe, o alerta. Enquanto trabalhar duro e conquistar suas riquezas, ele deve apreciar aqueles que estão ao seu redor, conviver com sua família, ser feliz. "Aproveite o dia. Aproveite o trabalho. Aproveite a viagem", ensinou o rei.

Os paralelos que Fleet faz com a vida atual são muito bons e capazes de achar, dentro dos ensinamos de Salomão, desde a importância de poupar, de pensar no futuro e não apenas no consumo imediato, quanto a sabedoria que há em viver aquém das suas posses e ter uma rotina simples em vez de ostentar.  A linguagem é muito boa, leve e direta.

Isaura Daniel

Reflexões sobre a casa própria

Pensando em comprar a casa própria? Agora ou daqui a algum tempo? Apenas começando a sonhar com essa possibilidade? Para qualquer uma das alternativas, Seu Imóvel - Como Comprar Bem, de Mauro Halfeld, é um belo ponto de partida. Eu mesma li muito antes de concretizar o meu desejo nesse campo.

No livro, o autor, dono de um dos melhores textos do país na área de finanças pessoais, apresenta mil dicas para se preparar para essa aquisição, a compra da vida para a maioria dos brasileiros. Financiar ou pagar à vista? Melhor ficar um pouco mais pagando aluguel até juntar um bom montante para entrada? Como escolher o melhor tipo de imóvel? E o bairro? Está tudo lá, apresentado a partir de exemplos, histórias, relatos.

A leitura flui em tom de conversa e nos ajuda a refletir sobre uma série de questões. Em tempos de mercado imobiliário descontrolado e com preços nas alturas, vale a sua atenção de poupador futuro proprietário de um novo lar. Boa leitura!

Isabela Barros

Dinheiro é apenas dinheiro

O que o dinheiro significa para você? Ele é apenas dinheiro? O livro "Como se preocupar menos com dinheiro" traz uma abordagem interessante sobre essa questão. Contando alguns cases, o autor, o britânico John Armstrong, acaba fazendo ao leitor um convite para rever o significado do dinheiro. Problemas com dinheiro podem ser passageiros, mas a relação que temos com ele é para a vida toda, dá a entender o autor.

Ele relata a história de Petra, que se sente aprisionada desde pequena na sua relação com a prima e só sente feliz quando tem um padrão financeiro acima dela, a de Angela, que tem uma relação de medo com o dinheiro e toda vez que consegue fazer uma reserva financeira dá um jeito de gastá-la para não acumular nada. Para Petra, dinheiro é a prova de que ela é melhor que sua prima, para Angela dinheiro é um perigo e ela deve se manter afastada.

Armstrong leva o leitor a entender que nossas preocupações com dinheiro não são, na verdade, com o próprio dinheiro. Um homem pode, ao querer acumular mais dinheiro, estar preocupado em garantir o futuro do seu filho, estar preocupado em provar aos demais que tem bens e sucesso na sua profissão. O escritor sugere que o leitor entenda esta preocupação e que o dinheiro é apenas um combustível para chegar até o objetivo. A afirmação de que "dinheiro é apenas dinheiro" é o melhor do livro. 

Como se precupar menos com dinheiro
Autor: John Armstrong
Páginas: 168
Editora: Objetiva
Edição: 2012 

Quem pensa enriquece?

O título do livro é esse, mas sem o ponto de interrogação.  Trata-se de uma publicação antiga, sucesso de vendas no mundo todo, no qual um jornalista norte-americano chamado Napoleon Hill escreve a respeito dos segredos do sucesso, depois de ter analisado a trajetória de 500 pessoas muito ricas. É um livro metódico, que descreve várias regras a serem seguidas para alcançar riqueza,  além de contar algumas histórias, parte delas bonitas.

No decorrer da obra, o autor não se cansa de citar Henry Ford, o criador da montadora que leva seu nome, e sua história de persistência até construir um dos grandes impérios da indústria automobilística mundial. É preciso levar em conta e dar um desconto ao contexto da época. O autor nasceu em 1883 e sugere alguns caminhos para a riqueza, como aproveitar as oportunidades do setor radiofônico, o que é um tanto descabido na atualidade. Talvez pudéssemos traduzir para o mundo moderno, por nossa conta e risco, por "internet”.

Há coisas boas a extrair do livro. Uma delas é a sugestão de anotar como e quando você ficará rico ou quando alcançará suas metas financeiras. Hill sugere traçar uma trajetória com data para acabar e o valor que você terá naquele prazo. O segredo da riqueza na qual o autor acredita não está explicito em duas linhas ou três parágrafos no livro. Hill quer que cada um descubra sozinho enquanto lê. Mas a pista está no título. O segredo está na mente?

Certeiro ou não, vendeu mais de 30 milhões de exemplares no mundo.

Isaura Daniel

Faça uma simulação para juntar seu primeiro milhão ou quanto suas economias irão render.
Poupadoras.com
Um site de finanças pessoais
para dividir experiências
sobre o dinheiro
  • Assine nosso feed