Esse espaço é seu. Mande para nós as suas histórias, lições, aprendizados, causos relacionados ao uso do dinheiro. Serão publicadas, com todo o carinho, aqui.

Charme, carinho e economia nas festas dos filhos

Compartilhar

Adoro me envolver na produção das festas de aniversário dos meus dois filhos, Pedro e Murilo. Me divirto e ainda economizo ao cuidar de tudo. Primeiro pesquiso o tema da festinha. A partir daí, começo a pensar na decoração, de forma que eu possa fazer por conta própria. Procuro imagens para as bandeirolas e pins para os doces. Costumo trabalhar o desenho e imprimir em casa mesmo para gastar menos. Faço artesanalmente cada colagem para os docinhos e enfeites de mesa. Compro o mínimo para dar suporte e um up na decoração. Tudo de forma simples, mas focando no estilo e nos detalhes.

O caminho mais óbvio para inspiração é o Google, seguido pelos programas de TV e aqueles tutoriais de decoração e festas em casa.

No item comida, no que se refere aos doces, dou preferência aos tipos mais simples, mas com muita variedade. Não adianta ficar inventando demais, porque criança gosta do tradicional brigadeiro. Faço apenas alguns poucos doces diferentes, como os cupcakes, para a mesa ficar mais bonita.

Em relação aos salgados, ter uma mãe "salgadeira", ou seja, que trabalha com isso, ajuda muito. Também economizo preparando alguns pães e antepastos. Outra sugestão é oferecer sanduíche de metro para as festinhas mais despojadas. Dá para confeccionar até a etiqueta do pão/recheio. Também fazem sucesso as batatinhas em conserva e aperitivos como amendoins, barquinhos/casquinhas, tudo pode ser preparado por quem está cuidando da festinha. Costumo fazer uma mesa acessível para os salgados. Assim, posso dispensar o garçom ou uma ajudante para servir. É tudo uma questão de apresentar bem os alimentos.

Comemorações em casa são charmosas e bem mais baratas. Adoro esse lado mais artesanal. Mesmo contratando atividades de animação e brinquedos, com planejamento a economia pode ser superior a 50% em comparação com um buffet.

Para isso, toda a ajuda é válida, sendo fundamental se planejar com antecedência.

Meus filhos adoram esse estilo de festa e têm todo orgulho de chamar os amigos para a brincadeira lá em casa. Certa vez, fiz uma experiência da qual as crianças até hoje se lembram com gratidão: inventei uma oficina de culinária. Preparei os bolinhos simples (cupcakes), joguei uma toalha de mesa enorme no chão, coloquei vários confeitos e bisnagas com recheios e coloquei a criançada sentada sem calçado. Foi uma loucura. Todos fizeram o seu bolinho como queriam. Alguns comeram na hora e outros levaram como lembrancinha em um saquinho com fita deixado à disposição para isso. Prova de que nada é mais importante do que o carinho e a criatividade quando o assunto é o aniversário dos filhos, não é mesmo?

Patrícia Ribeiro é mãe do Pedro, de oito anos, e do Murilo, de quatro, além de ser jornalista

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Faça uma simulação para juntar seu primeiro milhão ou quanto suas economias irão render.
Poupadoras.com
Um site de finanças pessoais
para dividir experiências
sobre o dinheiro
  • Assine nosso feed