Esse espaço é seu. Mande para nós as suas histórias, lições, aprendizados, causos relacionados ao uso do dinheiro. Serão publicadas, com todo o carinho, aqui.

O maravilhoso mundo do cheque especial

Compartilhar

Eu tinha mais ou menos dezesseis anos. Primeira conta corrente e um orgulho danado dos R$ 230,00 que ganhava em meu estágio. Certo dia, julgando que tinha saldo, fiz um pequeno saque no banco. No mês seguinte, descobri que tinha usado o cheque especial. Com uma imaginação mirabolante e o juízo dos adolescentes, visualizei aquela ferramenta dos desesperados como uma grande amiga, alguém com quem eu podia contar caso quisesse tomar um Milk Shake ou viajar para a Groelândia.

Só que eu não levei em conta os juros exorbitantes que teria de enfrentar, pois, neste primeiro saque, não tinha pago dividendos a mais, já que meu salário caiu dentro do período de "tolerância" do cheque especial. Resultado: em poucos meses, estava com uma dívida gigantesca no banco que só fui conseguir pagar milênios depois.

Com a popularização, cada vez maior, da educação financeira, torço para que cada vez menos adolescentes e outros desnaturados, como eu fui, passem por esse tipo de situação. A partir dessa experiência, deixo uma dica simples, mas eficiente: busque o máximo de informações possíveis sobre como administrar seu dinheiro. Deste modo, o cheque especial, e outras loucuras, passarão longe do seu mundo ou só serão usadas com disciplina. Ah, o melhor de tudo: você não vai precisar adiar suas viagens para a Groelândia!

João Barros, 29 anos, jornalista

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Faça uma simulação para juntar seu primeiro milhão ou quanto suas economias irão render.
Poupadoras.com
Um site de finanças pessoais
para dividir experiências
sobre o dinheiro
  • Assine nosso feed