Informações que mexem com seu bolso

COFRE DE NOTÍCIAS

Dia dos Pais: preço do presente pode variar 130%

Já comprou o presente do seu pai? Pois fique atento: segundo a Fundação Procon-SP, a diferença de preços entre alguns itens cobiçados para a data pode chegar a 130%.

Juro do cheque especial é o mais alto desde 1995

Uma facada no bolso: os juros do cheque especial tiveram mais um aumento em junho, chegando a 241,3% ao ano. Trata-se do mais alto patamar desde dezembro de 1995. A informação é do Banco Central.

Para viajar apesar do dólar

Instituição financeira dá dicas de países para viajar em julho, nos quais moeda local não se valorizou tanto frente ao real.

Quem vai de bike gasta menos

A jovem Luiza Calandra-Jugdar não paga estacionamento para o carro quando vai visitar clientes em diferentes pontos da capital paulista. O jornalista Fabio Saraiva tem conta mensal zero com combustível. O cicloativista Vanderlei Torroni também é da turma dos que estão livres da gasolina, do valet e do IPVA.

Brasileiros já pagaram R$ 1 trilhão em impostos em 2015

Nada mais, nada menos, que R$ 1 trilhão em impostos. Esse foi o valor pago pelos brasileiros neste ano em tributos, marca atingida por volta das 12h20 desta segunda-feira (29/06), conforme o “Impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Fundos cambiais renderam 40,3%

Os fundos cambiais foram os que deram maiores retornos a investidores que têm aplicações há um ano. Ganho foi de 40,30% em doze meses até junho.

Renda média do brasileiro está menor

Os ganhos do trabalhador brasileiro caíram em maio e estão em R$ 2.117,10 por mês.

Consumidores mudam hábitos por conta da inflação

É fato: já mudamos os nossos hábitos de consumo por conta dos recentes aumentos de preços. Segundo pesquisa feita pela Federação e pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), 81% dos entrevistados afirmaram agir dessa forma.

Cresce inadimplência nas contas de luz

Má notícia: mais brasileiros estão deixando de pagar as contas de luz. A informação é da Serasa, que pesquisou o assunto. Assim, inadimplência com o setor de energia cresceu 11% de janeiro a abril na comparação com o mesmo período do ano passado.

Crediário é usado para comprar roupas

O crediário do varejo é muito usado para aquisição de roupas. O dado faz parte de um levantamento sobre o tema feito pela MultiCrédito.

Fundos multimercados são os mais rentáveis

Os fundos do tipo multimercados macro foram os que mais deram rentabilidade aos seus investidores em um ano.

Inflação deve ser de 9,12% em 2015

Melhor preparar o bolso: a perspectiva de inflação para o Brasil subiu de novo.

Bradesco lidera ranking de reclamações do Banco Central

O Bradesco foi o banco que mais recebeu reclamações de acordo com um ranking elaborado pelo Banco Central no último mês de maio.

Vai sobrar menos dinheiro

Pesquisa mostra que deve cair quase pela metade valor que sobra em dinheiro para brasileiros após pagamento de contas mensais.

Consumidor troca de marca para economizar

Os brasileiros estão dispostos a trocar de marcas e a diminuir as quantidades que compram em supermercados em função da desaceleração econômica.

Na hora de presentear os pequenos

Com que frequência vocês compram presentes para os seus filhos? Lá em casa, com o Antônio, meu primeiro baby, vai ser só no Natal, no aniversário e no Dia da Criança. 

Sai primeiro lote do IR 2015

Saiu nesta segunda-feira (08/06), a consulta ao primeiro lote de restituições ao Imposto de Renda 2015, com ano base 2014.

Caderneta de poupança mais magra

Brasileiros fizeram saques bem maiores do que depósitos na caderneta de poupança no primeiro semestre. Soma de retiradas foi R$ 38,5 bilhões maior do que depósitos.

52% devem gastar menos no Dia dos Namorados

Que venha um Dia dos Namorados mais poupador. Pelo menos é o que esperam a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o SPC Brasil.

Preços dos imóveis caem em 20 cidades

Os preços dos imóveis em 20 cidades brasileiras teve queda pelo oitavo mês consecutivo. A informação é do Índice FipeZap de junho.

Aluguéis subirão 4,11%

Os preços do aluguel residencial que completa um ano em junho serão reajustados em 4,11% para quem acertou fazer a atualização pelo IGPM.

Faça uma simulação para juntar seu primeiro milhão ou quanto suas economias irão render.
Poupadoras.com
Um site de finanças pessoais
para dividir experiências
sobre o dinheiro
  • Assine nosso feed